Tudo sobre melasma

O melasma é uma mancha de coloração castanha que surge na pele do rosto e do corpo inteiro, sendo mais comum em mulheres – especialmente por conta das constantes alterações hormonais ao longo da vida, de questões genéticas e da exposição mais frequente a fatores de risco como os raios solares.

Sintomas e Fatores de risco

As causas do melasma não estão completamente esclarecidas, mas os primeiros sinais aparecem no rosto – mais precisamente nas regiões da maçã, testa e nariz. Essas manchas costumam ter formatos irregulares, porém, bem definidos, sendo geralmente simétricas. Acontecem por conta de um aumento da atividade de melanócitos (células que produzem melanina na epiderme), influenciando no acréscimo deste pigmento em células que formam a epiderme.

Entre os fatores de risco mais conhecidos estão: exposição solar sem proteção, pois raios UV aumentam a produção de melanina; hormônios da gravidez que também agem na ativação da melanina; uso indiscriminado de anticoncepcionais pode revelar uma predisposição genética; luz visível ou azul (iluminação de celular e computador) também está relacionada a outras doenças de pele além do melasma.

Prevenção

Como as questões hormonais são difíceis de controlar e os tratamentos são demorados, a melhor maneira de evitar o melasma é prevenindo-o. Conhecer os fatores de risco é importante, inclusive o mais prejudicial deles, que são os raios ultravioleta. Aposte em um filtro solar com FPS mínimo de 30 e nas barreiras físicas, como chapéus, óculos escuros e roupas com proteção UV.

Tratamento

O tratamento consiste em justamente clarear as manchinhas das áreas afetadas. Podem ser realizados desde procedimentos feitos em consultório até dermocosméticos tópicos com ativos clareadores e de uso caseiro.

Além dos peelings e lasers, produtos à base de ácido retinóico (vitamina A), glicólico e azeláico; hidroquinona; vitamina C; LHA; Phe-Resorcinol e niacinamida também são usados para clarear a pele. Os resultados começam a aparecer em dois meses, mas o tratamento pode ser longo e durar anos.

Infelizmente o melasma ainda não tem cura, somente controle e terapias que amenizam o problema. O dermatologista é o profissional mais indicado para diagnosticar e tratar esta condição.

Fonte: Medical Site

Já fez o tratamento?

Deixe seu comentário!

cONHECE ALGUÉM QUE GOSTARIA DE FAZER? cOMPARTILHE!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Vamos agendar uma consulta?

Sobre a Clínica Ferreira Jorge

Nossa clínica conta com um ambiente confortável e aconchegante, além de aparelhos modernos e de última geração. Tudo para prestar o melhor atendimento aos nossos pacientes.

Endereço

Rua Barão de Atibaia, 200 – Vila Itapura, Campinas – SP, 13023-185

Telefone

(19) 3231-1211 | (19) 3231-1012

Dr. Carlos Alberto Ferreira Jorge

Dermatologista
CRM 32436
RQE 12399
e-mail – [email protected]

Dra. Juliana Chaib Ferreira Jorge Padilla

Dermatologista
CRM 129756
RQE 41722
e-mail – [email protected]

Dra. Adriana Chaib Ferreira Jorge

Dermatologista
CRM 160.923

e-mail – [email protected]

Demais tratamentos

Siga nosso Facebook